Cidades da Zona da Mata e Vertentes registram queda de crimes violentos no primeiro trimestre de 2021

Comparação foi realizada entre os três primeiros meses deste ano com o mesmo período de 2020; em contramão, Visconde do Rio Branco e Cataguases contabilizaram aumentos. Veja também dados de homicídios, estupros e roubos nas regiões.

Sete das maiores cidades da Zona da Mata e do Campo das Vertentes registraram queda de crimes violentos no primeiro trimestre de 2021.

Os dados foram divulgados nesta semana pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública de Minas Gerais (Sejusp-MG) e analisados pelo G1.

O levantamento da reportagem comparou os três primeiros meses deste ano com o mesmo período de 2020. Em contramão, Visconde do Rio Branco e Cataguases contabilizaram aumentos. Veja também números de homicídios, estupros e roubos nas regiões entre 2021 e 2020.

São considerados como violentos os crimes de estupro tentado e consumado, estupro de vulnerável tentado e consumado, extorsão mediante sequestro consumado, homicídio tentado e consumado, roubo tentado e consumado, sequestro e cárcere privado consumado, e extorsão tentado e consumado.

Crimes violentos

De acordo com os números, Barbacena, Viçosa, Juiz de Fora, Muriaé, São João del Rei, Leopoldina e Ubá tiveram desempenho positivo.

Em Barbacena, principal município do Campo das Vertentes, houve uma queda de 63%. Neste ano, foram registrados 11 crimes violentos nos três primeiros meses. No mesmo período do ano passado, 30. Além disso, foi o melhor cenário dos últimos 10 anos.

Já em Juiz de Fora, foram contabilizados 203 ocorrências de crimes violentos na cidade. Em comparação ao mesmo período de 2020, quando foram feitos 330 registros, a redução é de quase 38,5%.

Diferentemente, Visconde do Rio Branco e Cataguases tiveram altas de um ano para o outro.

  • Visconde do Rio Branco: no primeiro semestre de 2020, foram 33 crimes violentos. No mesmo período de 2021, 43;
  • Cataguases: no primeiro semestre de 2020, foram 26 crimes violentos. No mesmo período de 2021, 29.

Veja abaixo a tabela com o desempenho das maiores cidades da Zona da Mata e Vertentes entre 2012 a 2021:

Registros de crimes violentos nas cidades das regiões entre 2012 e 2021

Cidade2012201320142015201620172018201920202021
Barbacena46485560506835423011
Viçosa61678694156124184456253
Juiz de Fora321600751589640695351255330203
Muriaé891137455778577847762
São João del Rei54334543554438342918
Leopoldina16271513171418232620
Ubá93981663371211328998148115
Visconde do Rio Branco10161740182840283343
Cataguases1861437393830252629

Fonte: Sejusp-MG

2020 x 2021

Homicídios e tentativas

Sete das nove cidades das regiões registraram queda no número de homicídios e tentativas no primeiro trimestre de 2021. São elas: Barbacena, Viçosa, Juiz de Fora, São João del Rei, Leopoldina, Visconde do Rio Branco e Cataguases.

Conforme os dados, Muriaé permaneceu com 10 casos dos dois crimes nos três primeiros meses de 2020 e 2021.

O município de Ubá foi o único que contabilizou aumento. No ano passado, foram 12. Já em 2021, 17. Um crescimento de 41%.

Homicídios e tentativas registrados nos trimestres de 2020 e 2021

Cidade20202021
Barbacena52
Viçosa148
Juiz de Fora3325
Muriaé1010
São João del Rei73
Leopoldina81
Ubá1217
Visconde do Rio Branco86
Cataguases32

Fonte: Sejusp-MG

Roubos e tentativas

Leopoldina, Visconde do Rio Branco e Cataguases tiveram um aumento de roubos e tentativas nos três primeiros meses de 2021.

Já Barbacena, Viçosa, Juiz de Fora, Muriaé, São João del Rei e Ubá registraram diminuição dos crimes. Confira abaixo os números das cidades:

Roubos e tentativas registrados nos trimestres de 2020 e 2021

Cidade20202021
Barbacena225
Viçosa4641
Juiz de Fora277161
Muriaé5948
São João del Rei1714
Leopoldina1517
Ubá12589
Visconde do Rio Branco2433
Cataguases1923

Fonte: Sejusp-MG

Estupro consumado, tentado e estupro de vulnerável

De acordo com o levantamento, Juiz de Fora, Muriaé, São João del Rei, Leopoldina e Cataguases contabilizaram queda no número de estupro consumado, tentado e estupro de vulnerável.

O município de Barbacena, por sua vez, teve os mesmos registros nos três primeiros meses de 2021 e 2020; três.

Estupro de vulnerável

No caso de menores de 14 anos, o estupro é presumido pela lei, independentemente do consentimento da criança ou do adolescente para o ato sexual ou conduta libidinosa.

O crime está previsto no artigo 217-A do Código Penal e prevê pena de oito a 15 anos de prisão para quem faz sexo com menores de 14 anos.

Está sujeito à mesma pena quem pratica conjunção carnal com pessoas com enfermidade ou deficiência mental que não tenham o necessário discernimento para a prática do ato.

Estupro consumado, tentado e estupro de vulnerável registrados nos trimestres de 2020 e 2021

Cidade20202021
Barbacena33
Viçosa24
Juiz de Fora1311
Muriaé54
São João del Rei21
Leopoldina31
Ubá34
Visconde do Rio Branco04
Cataguases32

Fonte: Sejusp-MG

Avatar

Israel Malthik

Nasceu em São João Nepomuceno. É Técnico em Administração e Fotografia Artística. Foi fotógrafo da APCEF (Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal), freelancer em jornais como Estado de Minas e Agência Minas. Premiado por diversos clubes e grupos fotográficos. Atualmente é fotojornalista da Rádio Difusora de São João Nepomuceno. Israel Malthik também atua em editoriais de moda em grandes marcas da Zona da Mata Mineira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *