Credibilidade no rádio aumenta 43% em um ano, aponta pesquisa

Além da credibilidade do meio, pesquisas destacam que 80% da população brasileira acompanha o rádio

Com o volume de informações se multiplicando gradativamente a cada dia, as novas mídias digitais têm se destacado e ocupado um espaço valoroso na transmissão de notícias. No entanto, mesmo diante da ascensão de redes como Twitter, Instagram e Facebook, os meios tradicionais ainda não perderam seu lugar.

Considerado um dos maiores meios de comunicação do Brasil, o rádio cresce diariamente. Sua capacidade de se renovar com o passar do tempo e se adequar aos novos formatos que surgem a todo momento, mantêm os ouvintes sempre ativos e focados na programação.

Um levantamento realizado pela Kantar Ibope constatou que 80% da população brasileira acompanham o rádio. Comparado ao ano passado, esse número apresentou aumento de 2%. Outro dado importante, é que pelo menos 10% dos ouvintes vão além do AM e do FM e acompanham ainda alguma web rádio.

Visando sempre o envolvimento com o público, as emissoras focam em manter o entretenimento, o companheirismo e a confiança com seus receptores. Segundo pesquisa da MRI-Simmons, o rádio é o meio de comunicação mais confiável, superando a TV, os impressos e a internet. Desde o último ano, a credibilidade dos ouvintes no rádio aumentou 43%.

O diretor de Imagem Institucional da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Márcio Guerra, disse em uma pesquisa do Datafolha que a velocidade em transmitir informações e o imediatismo são os principais fatores para que os programas jornalísticos de rádio inspirem confiança a grande parte dos brasileiros.

Além da credibilidade e dos ouvintes, um estudo realizado nos Estados Unidos e no Reino Unido apontou que 82% dos anunciantes conseguiram atribuir alguma venda à campanha realizada em formato de áudio digital. Em relação à publicidade no rádio, a pesquisa repara que quatro em cinco das campanhas veiculadas resultaram em pelo menos uma compra por parte do consumidor impactado.

Além de se adequar a cada momento e situação, o rádio faz com que os radialistas e locutores se tornem também influenciadores, contatando os ouvintes e mantendo o público sempre ligado.

Fonte: Portal Amirt

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com