Homem mata a mãe em Visconde do Rio Branco

Segundo a Polícia Civil, ele confessou o crime e disse que estava sob efeitos de entorpecentes quando feriu a mãe utilizando um machado

Um homem de 52 anos foi preso pela Polícia Civil suspeito de assassinar sua mãe, 75, e roubá-la. O crime foi no dia 8 deste mês, em Visconde do Rio Branco. Segundo as investigações, a ação ocorreu após a idosa negar ao homem dinheiro para ele comprar drogas. Ele teria usado um machado para golpear a mãe na cabeça.

No dia do crime o suspeito simulou a morte da mãe. Conforme a Polícia Civil, a alegação é que uma queda teria causado o óbito. O homem, inclusive, chegou a acionou o serviço de saúde para prestar socorro à  mulher. Na ocasião, a Polícia Militar também esteve no local.

Em relato à polícia em Visconde do Rio Branco, ele informou que foi até a residência da vítima para ir ao banheiro e, quando chegou, disse que se deparou com a mãe deitada no chão da sala. Na sua versão, a idosa estava ensanguentada, desacordada e com um ferimento na cabeça. “Fato que nos chamou a atenção não foi apenas a motivação torpe e o requinte de crueldade, mas também a audácia daquele em acionar socorro, visando simular que a vítima havia sofrido uma queda,” explicou o delegado regional em Ubá, Diêgo Candian Alves, autoridade policial que representou pela prisão temporária do homem.

As investigações em Visconde do Rio Branco apontaram que a vítima teria recebido, dois dias antes do crime, R$ 700 referentes à sua aposentadoria. Segundo a Polícia Civil, o suspeito teria pedido dinheiro para comprar entorpecentes, mas a vítima teria informado que não tinha. Em seguida, o homem teria ido ao quarto do seu padrasto, onde pegou um machado e efetuou dois golpes na região craniana da mãe. “Os familiares deram falta do dinheiro e tudo levava a crer que essa quantia teria sido também subtraída pelo homem, pois ele tinha o hábito de roubar valores de sua mãe para comprar drogas”, disse. No local do crime, os investigadores também conseguiram localizar e apreender o machado e as roupas do suspeito que estavam com marcas de sangue.

Homem confessa crime em Visconde do Rio Branco

O delegado afirmou que o suspeito de Visconde do Rio Branco admitiu que teria matado a própria mãe “porque estava drogado”. Ainda de acordo com Diêgo Candian, o homem tem passagem policial por crime de homicídio. Ele será indiciado por latrocínio, que é o roubo seguido de morte. “O prazo da prisão temporária é de 30 dias, por se tratar de crime hediondo, podendo ser prorrogado por mais 30 dias e, logo em seguida, será representada à Justiça pela conversão da prisão temporária em prisão preventiva”, conclui.

Por: Tribuna de Minas

Emerson de Paula

Nascido em Astolfo Dutra, Emerson de Paula é comunicador há mais de 30 anos na Zona da Mata de Minas Gerais. Hoje atua como repórter e locutor na Rádio Difusora FM.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com