Margarida anuncia convênio com Butantan para aquisição de vacina contra Covid-19

Anúncio foi feito durante diplomação, nesta sexta; segundo prefeita eleita, memorando prevê fornecimento de um milhão de doses

Em solenidade realizada na noite desta sexta-feira (18), a Justiça Eleitoral diplomou os eleitos no pleito municipal que aconteceu nos dias 15 e 29 de novembro. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Minas Gerais certificou a vitória da prefeita eleita, a deputada federal Margarida Salomão (PT), e também do vice-prefeito, o hoje vereador Kennedy Ribeiro (PV).

Durante o evento, Margarida afirmou que tem acordo com o Instituto Butantan para a aquisição de um milhão de doses da vacina contra o coronavírus desenvolvida pelo instituto. “Quero aproveitar essa oportunidade para fazer um anúncio que expressa o nosso compromisso com a população de Juiz de Fora. Lavramos ontem (quinta), na condição de prefeita eleita e em nome do Município de Juiz de Fora, um memorando de entendimento com a Fundação Butantan para o fornecimento de um milhão de vacinas a partir de janeiro de 2021.”

A prefeita eleita pontuou que “o primeiro propósito é prestigiar e aderir ao programa nacional de vacinação”. “Mas, na eventualidade de qualquer demora ou dificuldade por parte deste programa, já temos preparada uma alternativa, cuja viabilização técnica e logística ainda será anunciada pela nossa secretária de Saúde (Ana Pimentel), afirmou a prefeita.

Margarida agradeceu ao ex-deputado Marcus Pestana, que, segundo ela, foi responsável pela mediação das conversas junto ao Butantan.

Live

Após sua diplomação, Margarida fez uma live em suas redes sociais em que detalhou o anúncio sobre o acordo firmado com o Butantan. “Ontem, assinamos esse memorando de entendimento entre o Município de Juiz de Fora e Instituto Butantan para garantir, em janeiro de 2021, a oferta de um milhão de vacinas. Estas vacinas serão disponibilizadas e aplicadas dentro do nosso plano de imunização, que está sendo desenvolvido pela nossa secretária de Saúde, Ana Pimentel.”

A prefeita eleita chegou a exibir o memorando firmado com o instituto e, ao que parece, leu trechos do documento. “Fica acordada a oportunidade e a conveniência do Butantan fornecer um milhão de doses de produto acabado da vacina Covid-19 em frascos multidoses, de dez doses por frasco, ao Município de Juiz de Fora para distribuição no espaço geográfico do referido município, atendendo à população local. Esta quantidade está disponível a partir de janeiro de 2021”, afirmou.

A petista afirmou que a vacina surge como uma luz no fim do túnel em um momento de preocupação com o aumento dos índices na cidade. “Neste momento, a pandemia em Juiz de Fora apresenta números alarmantes. Tanto de incidência, como de número óbitos. Ao mesmo tempo, entendemos que as pessoas estão cansadas e sofrendo os efeitos de uma grave crise econômica, que se tornou mais grave com a pandemia. Com tudo isso, a vacinação é uma grande esperança.”

Diante da urgência do cenário colocado, a futura prefeita pontuou que ela e sua equipe não podiam “simplesmente estar inertes”. “Assim que tomarmos posse, vamos praticar os atos adequados para que isto se torne uma bela realidade.” A prefeita, contudo, fez questão de pontuar que defende o SUS e espera que o plano nacional de vacinação seja colocado, de fato, em prática. Assim, a tratativa firmada com o Butantan ficaria como plano B. “Espero que o SUS possa atender a todos. Mas, se tiver alguma demora ou dificuldade, já contamos com uma alternativa.”

Eleitos são diplomados pela Justiça Eleitoral

Na mesma sessão, também foram diplomados os 19 vereadores que conquistaram nas urnas mandatos para ocupar as 19 cadeiras da Câmara Municipal de Juiz de Fora na Legislatura 2021/2024.

Entre os vereadores eleitos e diplomados estão Cida Oliveira (PT), Cido Reis (PSB), Júlio César Rossignoli (Patriota), Marlon Siqueira (Progressista), Maurício Delgado (DEM), André Luiz (Republicanos), Antônio Aguiar (DEM), Tiago Bonecão (Cidadania), Bejani Junior (Podemos), José Márcio (Garotinho, PV), Luiz Otávio Coelho (Pardal, PSL), Juraci Scheffer (PT), Laiz Perrut (PT), João Wagner Antoniol (PSC), Tallia Sobral (PSOL), Carlos Alberto Mello (Casal, PTB), Katia Franco Protetora (PSC), Vagner de Oliveira (PSB) e Nilton Militão (PSD).

FONTE: TRIBUNA DE MINAS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *