‘Minas Consciente’ orienta que microrregião de Juiz de Fora regrida para Onda Vermelha

Segundo a atualização do Estado, a macrorregião do município também está na etapa mais restritiva, ou seja, cidade terá que voltar para a última fase do programa. Veja a situação de outros locais.

O Governo de Minas definiu que a microrregião de Juiz de Fora/Lima Duarte/São João Nepomuceno/Bicas deve regredir para a Onda Vermelha do “Minas Consciente”. A atualização semanal foi divulgada nesta quinta-feira (14) após reunião do Comitê Estadual e passa a valer a partir de sábado (16).

Nesta quarta-feira (13), o G1 mostrou que as macrorregiões Sudeste e Leste do Sul, que englobam as cidades de Zona da Mata, e a Centro-Sul, que compreende os municípios do Campos das Vertentes, continuam na Onda Vermelha.

Em relação a Juiz de Fora, o maior município da Zona da Mata, a prefeita Margarida Salomão (PT), não poderá escolher em qual etapa ficará. Isso ocorre porque a macrorregião Sudeste, a qual a cidade está inserida, está na Onda Vermelha, já a micro, também. A tendência é que o município regrida de fase.

O G1 entrou em contato com a assessoria da Prefeitura para saber se a mesma gostaria de se posicionar sobre, mas não houve retorno até a última atualização desta matéria.

De acordo com o programa, caso as ondas indicadas para as macrorregiões e microrregiões sejam diferentes, caberá ao prefeito de cada cidade optar por qual das duas recomendações seguir.

Situação de Juiz de Fora no Minas Consciente  — Foto: Governo de MG/Divulgação

Situação de Juiz de Fora no Minas Consciente — Foto: Governo de MG/Divulgação

Microrregiões

Veja a situação das microrregiões das regiões:

  • Micro de Barbacena: continua na Onda Vermelha;
  • Micro de São João del Rei: continua na Onda Vermelha;
  • Micro de Muriaé: deve ir para aOnda Vermelha;
  • Micro de Além Paraíba: continua naOnda Vermelha;
  • Micro de Juiz de Fora/Lima Duarte/São João Nepomuceno/Bicas: deve ir para a Onda Vermelha;
  • Micro de Leopoldina/Cataguases: continua na Onda Vermelha;
  • Micro de Ubá: continua na Onda Vermelha;
  • Micro de Viçosa: deve ir para aOnda Vermelha;
  • Micro de Santos Dumont: deve ir para a Onda Verde;
  • Micro de Carangola: deve ir para a Onda Amarela.

Entenda o que são as Ondas

Veja abaixo detalhadamente quais serviços podem funcionar em cada categoria, segundo o Governo de Minas.

Onda Vermelha

Nesta fase, está autorizada a abertura dos seguintes serviços:

  • Supermercados, padarias, restaurantes, lanchonetes, lojas de conveniência;
  • Bares (somente para delivery ou retirada no balcão);
  • Açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros;
  • Serviços de ambulantes de alimentação;
  • Farmácias, drogarias, lojas de cosméticos, lavanderias, pet shop;
  • Bancos, casas lotéricas, cooperativas de crédito;
  • Vigilância e segurança privada;
  • Serviços de reparo e manutenção;
  • Lojas de informática e aparelhos de comunicação;
  • Hotéis, motéis, campings, alojamentos e pensões;
  • Construção civil e obras de infraestrutura;
  • Comércio de veículos, peças e acessórios automotores.

Onda Amarela

Nesta fase, são permitidos:

  • Bares (consumo no local);
  • Autoescola e cursos de pilotagem;
  • Salão de beleza e atividades de estética;
  • Comércio de eletrodomésticos e equipamentos de áudio e vídeo;
  • Papelaria, lojas de livros, discos e revistas;
  • Lojas de roupas, bijuterias, joias, calçados, e artigos de viagem;
  • Comércio de itens de cama, mesa e banho;
  • Lojas de móveis e lustres;
  • Imobiliárias;
  • Lojas de departamento e duty free;
  • Lojas de brinquedos;
  • Academias (com restrições);
  • Agência de viagem;
  • Clubes;
  • Bibliotecas, museus, galerias, arquivos (com restrições).
  • Parques estaduais, unidades de conservação, zoológicos e jardins (com restrições).

Onda Verde

A etapa menos restritiva permite as seguintes atividades:

  • Atividades artísticas, como produção teatral, musical e de dança e circo;
  • Cinemas, bibliotecas, museus, arquivos;
  • Parques, zoológicos e jardins;
  • Feiras, congressos, exposições, filmagens de festas, casas de festas, bufê;
  • Parques de diversão, discotecas, boliches, sinuca;
  • Bares com entretenimento (shows e espetáculos);
  • Serviços de colocação de piercings e tatuagens

Israel Malthik

Nasceu em São João Nepomuceno. É Técnico em Administração e Fotografia Artística. Foi fotógrafo da APCEF (Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal), freelancer em jornais como Estado de Minas e Agência Minas. Premiado por diversos clubes e grupos fotográficos. Atualmente é fotojornalista da Rádio Difusora de São João Nepomuceno. Israel Malthik também atua em editoriais de moda em grandes marcas da Zona da Mata Mineira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com