Operação ‘Vetus’: cinco pessoas são presas por suspeita de violência contra idosos na Zona da Mata

Ações ocorreram dentro da 4ª região, nas cidades de Juiz de Fora, Ubá, Leopoldina, Muriaé e Viçosa. Houve a apuração de mais de 70 denúncias e o cumprimento de sete medidas protetivas.

Cinco pessoas foram presas durante a Operação “Vetus” na Zona da Mata, realizada entre os dias 1º e 4 de dezembro. O objetivo da ação foi combater crimes de violência contra idosos e ocorreu dentro da 4ª Região, que engloba as cidades de Juiz de Fora, Ubá, Leopoldina, Muriaé e Viçosa.

As diligências foram conduzidas pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, e contou com a participação das polícias civis. A ação também ocorreu nos 26 estados e no Distrito Federal.

De acordo com o Ministério da Justiça, a operação teve o objetivo de investigar o aumento de casos de maus-tratos contra idosos durante a pandemia do novo coronavírus.

Conforme a corporação, uma pessoa foi presa no âmbito da Delegacia Regional em Muriaé e quatro na Delegacia Regional em Ubá. A Polícia Civil não informou idades e gêneros dos envolvidos, bem como o motivo das prisões, mas explicou que são relacionadas à operação.

Além disso, houve o atendimento de 205 vítimas, 114 visitas, 73 apuração de denúncias e o cumprimento de sete medidas protetivas na região. Durante as diligências, também foram lavrados 38 Termos Circunstanciados de Ocorrências (TCO) e 59 inquéritos policiais instaurados.

Segundo dados do Disque 100, que recebe denúncias de violações de direitos humanos, foram registradas 6.814 denúncias de crimes contra idosos do dia 1º de outubro até esta sexta-feira. Os números são dos 26 estados e do Distrito Federal.

FONTE: G1/ZONADAMATA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *