Sejusp abre inscrições para concurso público em Juiz de Fora

São 211 vagas para Assistente Executivo de Defesa Social – Auxiliar Educacional em Centros Socioeducativos de 16 municípios.

Estão abertas as inscrições para o concurso público da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública de Minas Gerais (Sejusp). São 211 vagas para Assistente Executivo de Defesa Social (ASEDS) – Auxiliar Educacional para atuar em Centros Socioeducativos de 16 municípios, incluindo Juiz de Fora.

O G1 entrou em contato com a Sejusp para saber quantas vagas são destinadas a Juiz de Fora, mas foi informado que a lotação dos aprovados pode variar de acordo com a necessidade da pasta. (veja abaixo a nota na íntegra)

Os interessados podem se candidatar até o dia 16 de julho pelo site e o valor da inscrição é de R$ 73,97. O prazo para pedido de isenção da taxa termina nesta sexta-feira (18). De acordo com o edital, a carga horária prevista é de 40 horas semanais e pode ser cumprida em escala de plantão, de acordo com a necessidade do trabalho. A remuneração é de R$ 1.750,10.

A prova objetiva será aplicada simultaneamente no dia 15 de agosto nas seguintes cidades: Belo Horizonte, Barbacena, Curvelo, Divinópolis, Governador Valadares, Ipatinga, Juiz de Fora, Lavras, Montes Claros, Patos de Minas, Poços de Caldas, Pouso Alegre, Teófilo Otoni, Uberaba, Uberlândia e Unaí.

Os candidatos aprovados na prova objetiva serão convocados para avaliação psicológica de caráter eliminatório. O edital está disponível na internet para outras informações.

Nota Sejusp

“As vagas oferecidas no edital serão lotadas no quadro de pessoal da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública de Minas Gerais, nos endereços das Unidades Socioeducativas do Estado de Minas Gerais, distribuídas nos municípios descritos no edital, podendo haver incremento ou supressão de localidade, ao decorrer deste Concurso Público, haja vista que o Sistema Socioeducativo está em expansão, sendo possível a inauguração de novas unidades em outros municípios ou a extinção de unidades, conforme necessidade da Administração Pública. Dessa forma, não é possível afirmar quantas vagas será para cada localidade“.

G1 Zona da Mata

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *