Cidade e RegiãoNotíciasPlantão Policial

Tragédia no campo: Trabalhador rural é tragado por maquinário agrícola e perde a vida em Goianá

Nota da Rádio Difusora: Lamentamos profundamente que alguém ainda precise trabalhar nessa faixa etária, principalmente, em um trabalho tão árduo e sacrificante e, acima de tudo, sentimos uma tristeza profunda pela perda de sua vida, em tão lamentável tragédia. Nossos sentimentos aos amigos, colegas de trabalho e, principalmente, aos familiares.

Local e data: Zona Rural de Goianá, altura do KM 98, às margens da Rodovia MG-353, local conhecido como “Ponte Campelo”, terça (04/06), turno da manhã (+/-10h)

Atualizado e revisado às 22h20 com novas informações do Corpo de Bombeiros, fornecidas às 22h16:

A vítima, de 63 anos, teve o óbito constatado pelo Dr.Tiago Jesus Oliveira, de serviço na ambulância de Goianá.

Os militares do CBMMG encontraram a vítima presa em uma máquina picadora de capim/cana, com o braço esquerdo amputado, até o cotovelo, dilacerado até o ombro e com ferimentos no tórax.

Coube a Guarnição do Corpo de Bombeiros efetuar a desmontagem da parte superior da picadora para, então, ser possível a retirada da vítima.

O idoso estava trabalhando juntamente com o condutor do trator e acompanhada de mais um ajudante.

O perito Bruno Araújo esteve no local e, posteriormente , o corpo foi liberado para a Funerária Filgueiras.

Reportagem original :

GOIANÁ: BRAÇO DE TRABALHADOR RURAL É TRAGADO E PRESO POR MÁQUINA AGRÍCOLA”

Acompanhe a programação em www.difusorasjn.com.br

Informações iniciais: Uma viatura da Polícia Militar e outra viatura do Corpo de Bombeiros foram acionadas para Zona Rural de Goianá, perto da “Ponte do Campelo”, onde, por volta das 10h da manhã de hoje ( 04/06), um homem, de aproximadamente 60 anos, que estaria trabalhando em uma propriedade rural cortando cana, teria sido puxado pelo braço por um trator agrícola, ficando preso no maquinário, vindo a falecer no local.

A perícia foi acionada e, à princípio, o caso é tratado como “acidente de trabalho “.

Coube à guarnição do CBMMG a retirada do corpo, aprisionado no maquinário, para os trabalhos da perícia e da Polícia Civil.

Estamos em contato com o 3° Pelotão de Polícia Militar, localizado em Rio Novo/ destacamento policial de Goianá e Corpo de Bombeiros, para novos detalhes sobre esta triste ocorrência.

Aristides Dos Santos

Formação: Graduação presencial em TV, Cinema, Rádio e Internet pela UNIBAN (Universidade Bandeirantes do estado de São Paulo), campus Osasco- SP. Habilitação: Trabalhos em audiovisual (cinema), atividades de radiodifusão RTV, produção de livros, revistas e jornais (impressos e digitais), criação e gestão de tráfego pago ou orgânico para internet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *