Cidade e RegiãoNotícias

Sífilis preocupa o SUS em Minas. Saiba sobre os perigos da infecção e onde fazer teste gratuito em São João Nepomuceno e região

A sífilis, desde 2020, já é considerada um preocupante problema de saúde pública em nosso estado.Conforme dados levantados pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), Minas Gerais registrou 21.413 casos de sífilis adquiridas no ano passado. Esse é o maior número registrado em uma década. A doença dá mostras que está ressurgindo.

Essa doença é muito séria, traz bastante sofrimento, pode terminar em lesões graves, demência e óbito.

Após tanta tecnologia, acesso à informações, à preservativos e ao aumento de campanhas de conscientização, o que explica o aumento da incidência?

As doenças sexualmente transmissíveis ultimamente “não estão na mídia”, o que não quer dizer que deixaram de existir. As pessoas associam que o que desaparece das manchetes, desapareceu do mapa, mas…

As doenças ou infecções sexualmente transmissíveis ultimamente “não estão na mídia”, o que não quer dizer que deixaram de existir.

Sempre é tempo de conscientização e prevenção. O objetivo da matéria não é fazer alarde mas, de forma educativa, relembrar que essa doença é muito séria, traz bastante sofrimento, pode terminar em lesões graves, demência e óbito.

Sem falar que as mulheres podem transmitir para o bebê, durante a gestação. E isso também já vem ocorrendo.

A infecção é sexualmente transmissível (IST), sendo causada pela bactéria “Treponema pallidum”, podendo ser, inicialmente, silenciosa (estado latente) ou se manifestar com sintomas discretos mas, com o tempo, como citado, pode trazer inflamações, demência e sequelas neurológicas gravíssimas, desfiguração e morte (fase terciária).

Até o momento, o uso do preservativo ainda é a melhor forma de prevenção.

Em todo ano de 2022, foram 21.413 casos de sífilis adquirida, 6.413 de sífilis em gestante e 2.233 de sífilis congênita. Números acima dos observados em 2021, (respectivamente, 16.192, 5.648 e 2.143).

De acordo com Alan Fernandes , Diretor do Departamento de Vigilância em Saúde, a Secretaria Municipal de Saúde de São João Nepomuceno contempla a população com os testes rápidos gratuitos de HIV (AIDS), Sífilis e Hepatites B e C. Os interessados devem procurar uma unidade de saúde mais próxima da própria residência.

Ele informa também que oteste rápido é ofertado de forma gratuita em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) do estado e o resultado fica pronto em, no máximo, 30 minutos.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, São João Nepomuceno é contemplado com os testes rápidos gratuitos de HIV (AIDS), Sífilis e Hepatites B e C. Bastando os interessados procurarem uma unidade de saúde mais próxima da própria residência.

A procura tardia por tratamento pode causar complicações graves e morte e, em gestantes, há o risco da contaminação vertical, da mãe para o bebê, a chamada sífilis congênita.

Aristides Dos Santos

Formação: Graduação presencial em TV, Cinema, Rádio e Internet pela UNIBAN (Universidade Bandeirantes do estado de São Paulo), campus Osasco- SP. Habilitação: Trabalhos em audiovisual (cinema), atividades de radiodifusão RTV, produção de livros, revistas e jornais (impressos e digitais), criação e gestão de tráfego pago ou orgânico para internet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *